Daqui Em Diante

330b03d3c876f8ba9d5d7d6ab2cc30ff

 Me peguei pensando no futuro ~nossa Mariana, tu é a diferentona da vida hein.~, pensando nos meus maiores sonhos e se eles realmente serão realizados. Quando eu era criança me imaginava fazendo a diferença no mundo, ajudando pessoas e melhorando o dia dos outros só por estar sorrindo por perto. Sempre imaginei que a vida seria fácil, que em certo momento eu teria a minha própria série no Disney Channel e seria melhor amiga dos Jonas Brothers. As coisas mudaram. Eu já sei que a minha série na Disney é um sonho talvez pra próxima vida e que os Jonas Brothers vivem uma realidade bem distante da minha.

 Sempre tentei ver o lado bom de cada coisa ruim que aconteceu na minha vida. Eu tentava fazer tudo como mandavam eu fazer, sem nem pensar se era aquilo o que eu realmente queria. Não achava que as pessoas realmente se importavam com o que eu penso, e talvez nem eu quisesse me importar. Por muito tempo, eu fiz tudo como deveria ser feito pros outros e deixei a minha vontade em segundo plano. Mas agora eu aprendi, – ou acho que sim. 

 A vida é uma jornada um tanto quanto estranha. Quando a gente pensa que já entendeu tudo e sabe exatamente o que está acontecendo, logo percebemos que estávamos enganados. Nós traçamos metas e objetivos constantemente. Não nos importamos com o resultado e, muitas vezes, até nos esquecemos de correr para riscar os itens da lista.

 Eu quero fazer as coisas diferentes agora. Não quero mais traçar sonhos sem realizar nenhum. Não vou mais esperar que o universo conspire á meu favor, porque talvez ele nem esteja conspirando pra mais ninguém. NÃO, eu não estou dizendo que vou seguir a linha da meritocracia e vou correr atrás dos meus méritos, coisa que todo mundo deveria fazer porque todos temos as mesmas oportunidades (?), claro que não! Só tô tentando dizer que vou me mexer mais, afinal os meus itens de desejos pra 2016 não vão ser riscados sozinhos e muito menos os meus desejos pra minha vida.

 Esse ano faço 18 anos. Vou tirar a carteira (ou não). Vou estar cursando Publicidade e Propaganda (ou não). Vou ser feliz cada dia da minha vida, do jeito que tiver que ser. E não vou desistir.

 Um (grande) amigo meu me mandou uma foto da primeira página do livro que ele está escrevendo hoje. De repente foi essa fotinho que me inspirou e me deixou com o coração batendo mais forte pelos meus objetivos. De repente, depois desse texto eu simplesmente deite na minha cama e não faça nada do que eu realmente disse que faria. Mas de repente, depois desse texto eu comece a mudar realmente. Afinal, já ta na hora de parar de escrever para se convencer e não convencer nada. 

 As pessoas tem uma certa dificuldade em entender que cada um tem o seu tempo. Cada um tem os seus sonhos, ideais e suas vontades. Precisamos parar de querer que todo mundo nos entenda. Vamos nos preocupar em entendermos a nós mesmos, que tal? E então nós iremos poder fazer coisas que melhorarão quem somos e nos levarão para o caminho em que queremos ir.

 

Anúncios

4 comentários sobre “Daqui Em Diante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s