Terceira Tentativa

cafe

Já tenho três textos inacabados nos rascunhos. O medo de não conseguir terminar esse aqui já está aumentando. Só não está maior do que o medo de encarar os meus pensamentos e colocar as coisas em ordem.

Houve uma época em que eu escrevia para me entender. Eu escrevia quando as coisas não estavam indo bem e me sentia aliviada depois. Escrevia com o prazer em por tudo para fora. Não sei quando eu parei de me sentir assim.

Talvez os problemas sejam maiores agora. Talvez só porque já passei pelas outras coisas, elas parecem muito menores agora. Mas eu aprendi que não devemos menosprezar o que sentimentos, por mais que as vezes seja a única saída que encontramos.

O meu peito carrega um grande ponto de interrogação e a minha cabeça continua latejando. E é de conhecimento público que ressaca não dura tanto tempo. Os meus pensamentos ficam martelando na mesma tecla e as únicas respostas que encontro na verdade são mais perguntas.

Só não quero mais me sentir vazia. Não quero esse aperto no peito dizendo que não sou o suficiente interessante para fazer com que pessoas queiram conversar de verdade comigo. Não aguento mais conversas para matar o tempo, mas sinto que é apenas assim que as pessoas me enxergam.

Quando nós estávamos conversando na cama e eu acariciando o seu rosto foi um dos únicos momentos em que eu não me senti assim. Eu queria ouvir cada uma das coisas que você falava e queria que você me fizesse mais perguntas. Mas você ainda estava com muito álcool no corpo.

E eu me sinto uma boba por completo pensando que um dia poderei estar com alguém como você. Me sinto mais boba ainda quando lembro de você falando que eu era a sua maior ilusão. Veja só, na verdade você que se tornou a minha.

Minhas amigas dizem que está tudo bem. Que nada ruim aconteceu e foi como nós imaginávamos. O que a platéia daquele quarto não imaginava era que eu já imaginava muitas outras coisas a muito tempo.

O meu coração está pulando de novo. Queria acreditar que tudo vai ficar bem, como vieram me falar no twitter ontem. E eu sempre acreditei nisso também. Sempre acreditei que existem muitas pessoas por ai e que temos que nos permitir um pouco de cada. Mas agora eu só queria um pouco mais.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s